Secretaria de Assistência Social e Trabalho de Barreiras inicia atividades voltadas para o Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

No dia 18 de maio, acontece em todo o Brasil reflexões sobre o Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, dia em que são realizadas ações que visam alertar toda a sociedade sobre a necessidade da prevenção à violência sexual. Em Barreiras, com a Campanha Faça Bonito Contra o Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, a Secretaria de Assistência Social e Trabalho de Barreiras deu início nesta segunda-feira (9), as atividades alusivas a data, realizando no Auditório João do Biriba da Escola Municipal Mirandolina Ribeiro Macêdo, a abertura das atividades que contou com a presença de 240 pessoas ao longo do dia.

O encontro contou com a participação da secretária de Assistência Social e Trabalho, Maritânia Gonçalves, acompanhada da equipe técnica do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), bem como do presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, Diego Toyonaga.

As atividades que serão desenvolvidas com esse objetivo, foram definidas após reunião com as coordenações dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), Centros de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), diretoria da Proteção Social Especial e Básica e Gestão do Sistema Único de Assistência Social (Suas), juntamente com os demais coordenadores da Secretaria, que articularam ações a serem executadas pela rede no mês de maio em atenção a data.

“A Secretaria de Assistência Social e Trabalho desenvolve ao longo de todo o ano mobilizações com os seus equipamentos visando estabelecer uma constante vigilância no enfrentamento a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Precisamos mobilizar toda a sociedade, as famílias, as instituições estaduais e federais, para que possamos tratar desse temática de forma coletiva, só assim conseguiremos baixar esses índices de violência sexual contra as crianças e adolescentes. É muito importante que a qualquer sinal de violência, seja feita a denúncia pelo disque 100, ou nos órgãos competentes, como o CREAS e Conselho Tutelar”, pontuou a secretária, Maritância Gonçalves.

De acordo com o cronograma de atividades de Secretaria de Assistência Social e Trabalho, será realizado durante o mês de maio, ações educativas com o objetivo de mobilizar, convocar, informar e sensibilizar a sociedade dos riscos e das consequências do abuso sexual à crianças e adolescentes.

Durante todo o mês, as equipes técnicas dos CRAS estará realizando sala de espera nos próprios equipamentos com palestras informativas, preventivas e orientativas realizada pela equipe técnica do CREAS, com a participação do Conselho Tutelar e do CMDCA; também distribuição de folders informativos; caminhada com o objetivo de dar mais visibilidade a temática e ênfase a campanha, além de momentos de escuta e capacitações.

Dircom/PMB 11.05.2022

  • Compartilhe: