Reunião emergencial traça estratégias para o combate de incêndios florestais em Barreiras

Devido à ocorrência de incêndios florestais na região do Val da Boa Esperança, zona rural de Barreiras, que se alastrou de forma muito rápida desde terça-feira (16), fez com que entidades se reunissem para criar estratégias de operação ao combate de forma compartilhada e organizada. Com intuito de evitar o alastramento do fogo, o objetivo agora é mitigar os impactos consequentes, prevenindo para a segurança das comunidades em torno e a preservação da fauna e flora.

A iniciativa uniu Prefeitura de Barreiras, Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), através do Sistema Nacional de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais (Prevfogo) e o 17º Grupamento de Bombeiros Militar (17º GBM), em uma reunião nesta quarta-feira (17), com a presença do comandante geral do Corpo de Bombeiros, Cel. Adson Marchesini, que veio à Barreiras acompanhar a operação.

O encontro que foi realizado na sede do 17º Grupamento de Bombeiros Militar, contou ainda com a presença do secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade Demósthenes Júnior; do secretário de Infraestrutura, João Sá Teles; do coordenador da Defesa Civil Municipal, Thiago Cléber; bem como, do coordenador estadual do Prevfogo/Ibama, Denilson Oliveira e a Maj.BM Reijane Santos, subcomandante do 17° GBM.

Na reunião, foi feita uma análise da situação de queimadas na região do Val da Boa Esperança, que já conta com um efetivo de 72 bombeiros militares, 30 brigadistas do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), através do Sistema Nacional de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais (Prevfogo), criado em parceria com a Prefeitura de Barreiras.

“Estão sendo empregadas três viaturas do Ibama, equipamentos motorizados como sopradores, motosserras, motobombas e diversas ferramentas nesse combate ao fogo. Aproveitamos para informar que na noite desta quarta, para o início de quinta-feira foi combatida a principal linha de fogo que inspirava maior risco de avanço, sobre a vegetação nativa na região serrana nas proximidades do Rio de Ondas. As equipes continuam em campo, avançando para obter o controle do incêndio”, destacou o coordenador estadual do Prevfogo/Ibama, Denilson Oliveira.

Mesmo com o trabalho ininterrupto das equipes do Corpo de Bombeiros e PrevFogo, houve um  agravamento da situação com ameaças às comunidades rurais, ordenando assim,  um reforço na guarnição. “Contamos com um grande efetivo de bombeiros militares, só que para solucionar a situação de forma rápida, estamos reforçando o contingente e tendo em vista a dificuldade de acesso em áreas de serra, estaremos viabilizando reforço operacional com aviões modelo Air Tractor, com capacidade de armazenamento de dois mil litros de água. A Prefeitura de Barreiras tem nos ajudado, garantindo estrutura para que nosso trabalho seja realizado da melhor forma, com o apoio logístico e alimentação”, destacou o comandante Cel. Adson Marchesini.

Para o secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Barreiras, Demósthenes Júnior, que vem acompanhado a operação de perto, essa parceria é de fundamental importância para que o incêndio não se alastrasse, evitando assim, prejuízos tanto para o meio ambiente, quanto para as pessoas. “O combate ao fogo nesse tempo requer atenção redobrada em função das altas temperaturas e baixa umidade, além de difícil acesso, tendo em vista de se tratar de uma grande área preservada. Estas parcerias são fundamentais para que o incêndio não se alastrasse ainda mais, acarretando maiores prejuízos tanto para o meio ambiente, quanto para os moradores das comunidades rurais”, disse o secretário.

Dircom/PMB – 18.09.2022

  • Compartilhe: