Profissionais da saúde recebem treinamentos sobre Monkeypox e Projeto Sentinela da Influenza, em Barreiras

A tarde de segunda-feira (3), foi destinada ao repasse de informações para os profissionais que atuam no Hospital Municipal Eurico Dutra (HMED) e as equipes do Centro de Triagem de Covid. No HMED, foram repassadas as orientações sobre o fluxo de vigilância laboratorial do Monkeypox, conhecida como varíola dos macacos. Já os colaboradores do Centro de Triagem, conheceram detalhes sobre o Projeto Sentinela que começa a funcionar em Barreiras na próxima semana, para vigilância da Influenza no município.

Barreiras foi selecionada para sediar a unidade de vigilância Sentinela no Oeste da Bahia. O projeto conta com uma rede de unidades distribuídas em todas as regiões geográficas do país, e tem como objetivo principal identificar os vírus respiratórios circulantes para subsidiar a composição da vacina da Influenza, além de permitir o monitoramento da demanda de atendimento por essa doença. Em Barreiras, o Hospital Municipal Eurico Dutra sediará o projeto que contará com uma equipe capacitada para atender a demanda, já a partir da próxima semana.

“A unidade fará a coleta de amostras semanais de pacientes que apresentem sintomas gripais. Estas amostras serão enviadas para o Lacen, em Salvador, onde passarão por testes de PCR para tipagem de Influenzas. As amostras positivas passarão por sequenciamento e análise de resistência, e, a partir dos resultados, seguirão para a Fiocruz, em Brasília, onde serão fundamentais para o desenho da vacina da Influenza para o ano que vem”, explica o coordenador do Laboratório Municipal Leonídia Ayres de Almeida, Marcus Vinícius Cirilo.

Cirilo, que ministrou a capacitação voltada para enfermeiros e técnicos de enfermagem do HMED e do Centro de Triagem da Covid que estarão na linha de frente da unidade sentinela, diz que o trabalho realizado no local será importante ainda para entender o perfil epidemiológico das principais infecções virais da região Oeste e identificar os novos subtipos de vírus da Influenza, tudo isto servirá de base para a construção da vacina, em 2023.

Dircom/PMB  – 04.10.2022

  • Compartilhe: