Prefeitura de Barreiras flexibiliza reabertura de restaurantes, salões de beleza, academias e bares com novas regras de funcionamento

Com as medidas elencadas em decreto, as aulas presenciais das redes municipal e privada de ensino permanecerão suspensas até o dia 28 de junho

Após avaliação do cenário da pandemia no município e ponderações dos especialistas da área de saúde, a Prefeitura de Barreiras publicou nesta quarta-feira (27), o Decreto nº 95, que permite o funcionamento de bares, restaurantes, lanchonetes, salões de beleza, barbearias e academias, a partir das 00:00h de 28 de maio, quinta-feira. O documento traz ainda, as medidas que serão adotadas e fiscalizadas nos estabelecimentos, para que as atividades sejam realizadas sem prejuízos à saúde de trabalhadores e clientes.

Segundo o decreto, salões de beleza, barbearias e estabelecimentos similares poderão atender das 7h00 às 20h00, com limite de uma pessoa a cada 2m², com agendamento prévio e sem sala de espera. No local, não poderão ser ofertados bebidas ou produtos do gênero alimentício. “É obrigatório a utilização de máscara de proteção respiratória, cujo uso deverá cobrir, necessariamente, a boca e o nariz, pelo cliente e pelo profissional responsável pelo atendimento, durante todo o período de permanência do cliente no interior do estabelecimento”, informou o secretário de saúde Anderson Vian.

Sobre academias e espaços do gênero, funcionamento ficará limitado ao número de uma pessoa para cada 5m², das 5h00 às 22h00, não podendo o número de clientes ser superior a dois por instrutor. Os equipamentos (barras, alteres, colchonetes ou outros acessórios), deverão ser utilizados de forma individualizada, e higienizados com solução de álcool 70% ou outra substância desinfetante antes e depois do uso.

Bares, food trucks e restaurantes poderão funcionar com atendimento ao público até as 23h 59 e com acesso ao estabelecimento até às 23h00, respeitando o distanciamento de 2 metros entre as mesas e com quantidade máxima de duas pessoas da mesma família ou do grupo de convívio social. O decreto elenca outras necessidades, a exemplo de instalação de barreiras nos serviços de buffet, revezamento das equipes de trabalho, higienização e fixação de material informativo visível aos clientes.

“Temos 12 equipes atuando na fiscalização, e estaremos olhando de perto o cumprimento das medidas sanitárias. É importante que os comerciantes leiam o decreto com calma, colocando tudo em ordem antes da abertura, porque a preservação da saúde de todos é essencial”, enfatizou o secretário de saúde Anderson Vian.

As aulas das redes municipal e particular de ensino ficam suspensas até o dia 28 de junho de 2020. O funcionamento das atividades educacionais de instituições de ensino superior poderá ser autorizado, em regime especial, mediante a apresentação de plano de contingenciamento pela Instituição de Ensino, com o objetivo de orientar as ações a serem adotadas durante o período de emergência em saúde pública, devidamente aprovado pelas autoridades municipais com apoio do Comitê de Operações de Emergência – COE.

A publicação desta quarta-feira traz novas medidas e reafirma a necessidade de manter as precauções já estabelecidas nos decretos anteriores. O uso das máscaras em todos esses ambientes continua obrigatório, pois é muito importante para o enfrentamento da pandemia causada pelo novo coronavírus.

O Governo Municipal trabalha ainda com o apoio de dois comitês ativos, o de Operações e Emergência em Saúde e o Interinstitucional, que avaliam e sugerem adaptações, conforme o cenário epidemiológico de Barreiras, que até o momento, não registrou nenhum caso grave da doença.

  • Compartilhe: