Prefeitura de Barreiras apoia artistas e incentivadores da cultura a participarem de eventos fora do município

Com a amplitude das programações culturais desenvolvidas nos últimos dois anos e com o objetivo de fomentar ainda mais as manifestações artísticas locais, a Prefeitura de Barreiras por meio do Programa Cultura e Arte por Toda Parte, e com o amparo do Fundo Municipal de Cultura, vem apoiando artistas e incentivadores culturais que buscam aprimoramento fora da cidade e do país.

Em 2018, três pessoas foram beneficiadas com ajuda de custo para participação em simpósios, exposições e cursos de capacitação. O uso dos recursos é previsto pela Lei Municipal 1.094/2014, do Sistema Municipal de Cultura. “Esses recursos são oriundos do Fundo de Cultura do Município para fomentar atividades culturais como intercâmbios e capacitações. Em contrapartida, os beneficiados retornam a Barreiras para oferecer cursos, palestras e oficinas gratuitas nas escolas e comunidades”, explicou a diretora de cultura Diva Bomfim.

O presidente do Conselho Municipal de Cultura, Hudson Alves, participou do II Simpósio Nacional do Movimento Junino, que foi realizado de 13 a 15 de dezembro, no Distrito Federal. O encontro trouxe palestras sobre a profissionalização das quadrilhas juninas, educação e cultura. Agora, Hudson deverá reunir quadrilheiros locais para repassar os conhecimentos adquiridos.

“Foram três dias de muita troca de experiências com as vivências de quadrilheiros, presidentes de quadrilhas e gestores das associações juninas do Brasil, contamos inclusive com a Participação de Elba Ramalho na abertura. No segundo e terceiro dia, discutimos diretrizes em vários eixos com o propósito organizacional da Cultura Quadrilheira Nacional, resultando em um plano de curto, médio e longo prazo para as organizações juninas tomarem como orientação. Na plenária final, foi realizada a eleição para a coordenação do próximo Simpósio Nacional da Cultura Junina que será realizado em Campina Grande – PB, quando mais uma vez estaremos representando Barreiras”, contou Hudson Alves.

Já o bailarino Felipe Andrade embarcará em setembro para os Estados Unidos, onde foi contemplado com uma bolsa de estudos, com duração de nove meses, ofertada pela National Ballet Academy Denver, estado do Colorado. Felipe já desempenhou trabalhos nas escolas públicas municipais e em eventos abertos ao público.

“O benefício garantido ao professor agente cultural, através do Fundo Municipal de Cultura, fortalece a rede e garantirá a consolidação da minha vida profissional e de carregar o nome deste tão importante município do oeste da Bahia pelo mundo, assegurando a efetividade e fortalecimento da cultura local, para que assim eu possa contribuir ainda mais com o fomento e consolidação da cultura Oestina e Barreirense”, declarou Felipe.

  • Compartilhe: