Prefeito de Barreiras solicita investimentos em segurança pública ao Governo do Estado

fomartura1

Hoje pela manhã, na formatura dos 72 novos soldados da Policia Militar de Barreiras, o prefeito Antonio Henrique ao parabenizar aos servidores da segurança pública, também externou sua indignação ao citar a noite de terror e medo que os moradores de Barreirinhas viveram na madrugada desta última sexta-feira, com a ação de indivíduos que assaltaram a empresa Prosegur.

O prefeito Antonio Henrique encaminhou na segunda-feira, 25, uma Carta Oficial ao Governador Rui Costa, que se refere a uma ação pública reivindicatória movida pela sua preocupação com a segurança no município. No documento, o prefeito cobra uma política de Segurança Pública que leve em conta também as especificidades regionais, citando a carência de investimentos para o enfrentamento e o combate ao crime organizado, uma vez que a Policia Militar e Civil sofrem com a falta de equipamentos, viaturas e efetivo, que não acompanha o crescimento populacional da região oeste.
“De início, destacamos que embora estejamos politicamente lado-a-lado e comprometidos para enfrentar e combater a violência e criminalidade em nossa região, externamos veementemente nossa tristeza, e, uma vez mais nosso repúdio com o clima de insegurança e afronta as autoridades constituídas, ao sistema de segurança pública, e as várias afrontas protagonizadas por quadrilhas organizadas a exemplo do cenário de guerra, que aterrorizou o pacífico bairro de Barreirinhas e adjacentes na última sexta-feira 22, com tiros, explosões, arrombamentos, incêndio de veículos particulares, dentre outros atos criminosos que por mais de 2 (duas) horas, sem qualquer intervenção das autoridades policiais, deixando a população a mercê de malfeitores”, palavras do prefeito ao iniciar o documento.

formatura2

Ainda destacou a necessidade eminente do sistema de videomonitoramento urbano e a instalação do GRAER em nossa cidade. “ Ocorreram explosões realizadas em agências bancárias situadas na Região Oeste da Bahia nos últimos tempos, a exemplo de Barreiras, Baianópolis, Cristópolis, Riachão das Neves, Formosa do Rio Preto, São Desidério, dentre outras. Tal realidade, somada a ausência de instrumentos de combate ao crime organizado a exemplo do necessário sistema de vídeo-monitoramento e armamento bélico necessário ao efetivo combate da criminalidade, inquieta a todos e deixa a população cada vez mais envolta a sensação insegurança coletiva”, ressaltou na carta.

O prefeito Antonio Henrique finalizou o relato, especificando a necessidade de celeridade nos seguintes investimentos:

1. Reestruturação e melhoria na área de segurança pública na região;
2. Adequação e aceleração do processo implantação de vídeo-monitoramento em todos os bairros da cidade;
3. Implantação de Grupamento Aéreo – GRAER, no Município de Barreiras;
4. Implantação do Distrito Integrado de Segurança – DISEP;
5. Aumento do efetivo de policiais militares e civis na cidade de Barreiras-Bahia;
6. Implantação da DEAM em área distinta do Complexo Policial;
7. Modernização do armamento e equipamentos;
8. Implantação do Plano de Contingencia para situações elevado risco;
9. Implantação imediata do SICOM;
10. Investimentos em equipamentos e inteligência;
11. Entrega imediata do Presídio Regional;
12. Aquisição de novas viaturas.

Segue cópia original da manifestação enviada ao Governador nesta segunda-feira, 25 de abril. (Clique aqui)

  • Compartilhe: