Barreiras: Equipe da Secretaria de Saúde participa de videoconferência com Ministro da Saúde para definição de data para vacinação contra a Covid-19

A reunião com o Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, aconteceu na manhã desta quinta-feira (14) por videoconferência com prefeitos e secretários municipais de saúde de todo o Brasil. Em Barreiras, o secretário de saúde, Melchisedec Alves das Neves, a subsecretária Jamile Rodrigues, assessora chefe especial, Marileide Carvalho, assessora especial da saúde, Maria Messias e a coordenadora do Programa de Imunização (COPIM), Renata Queiroz, acompanharam a programação que tratou do início da Campanha de Imunização prevista para começar na próxima quarta-feira (20).

Na ocasião, foi discutida a estratégia de imunização da população contra a Covid-19 com pactuação de um calendário de imunização, aquisição e distribuição dos insumos, como seringas e agulhas. Na Conferência, o ministro da saúde destacou que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), deve liberar o uso emergencial das vacinas Coronovac e Astrazeneca no domingo (17). Na primeira fase, serão vacinados os trabalhadores da saúde, idosos acima de 75 anos, idosos com 60 anos ou mais que vivem em instituições de longa permanência, como asilos, e a população indígena.

Conforme o secretário de saúde de Barreiras, as doses serão distribuídas já na próxima segunda-feira (18) para o Estado da Bahia, que posteriormente serão encaminhadas aos municípios baianos.

“O município de Barreiras está preparado para iniciar a Campanha de Vacinação contra a Covid-19 tão logo estejam disponibilizadas as doses, bem como os insumos. Já constituímos um Plano Municipal de Imunização e nossa equipe acompanhará todas as unidades de saúde com sala de vacinação nesse momento tão esperado por todos. Porém, ainda é necessário que toda população continue tendo as precauções essenciais durante a pandemia, é fundamental que continuem com o distanciamento social, evitando aglomerações, fazendo higienização das mãos e o uso de máscaras”, pontuou Melchisedec Alves das Neves.

Na segunda fase de vacinação contra o novo Coronavírus, receberão a dose pessoas acima de 60 anos. Já na terceira etapa serão imunizados as pessoas com comorbidades, os transplantados e pessoas com obesidade. Na quarta etapa, entram na prioridade os trabalhadores da educação, pessoas com deficiência, membros das forças de salvamento e funcionários do sistema prisional.

  • Compartilhe: