Aberta temporada de coleta de sementes nativas do Cerrado

Técnicos da Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Barreiras iniciam coleta de sementes para produção de mudas de espécies nativas

 

Técnicos da Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Barreiras iniciaram neste mês de setembro e estendem até final de outubro, a coleta de sementes de diferentes espécies nativas do Cerrado, tanto em área urbana, quanto rural. A iniciativa visa multiplicar as sementes que serão utilizadas na arborização da cidade, recuperação de áreas de preservação permanente e, degradadas.

Após colhidas, as sementes são levadas ao viveiro municipal onde a equipe da Secretaria realiza a preparação das mudas, um trabalho minucioso que requer atenção e cuidados, considerando que cada semente possui um preparo diferenciado na limpeza, retirada da polpa e quebra de dormência. Entre as espécies produzidas no local estão o ipê (roxo, rosa, amarelo e branco), jatobá, pata de vaca, buriti, oiti e açaí.

“Além destas espécies consideradas mais comuns, estamos implantando um berçário de mudas, que irá resgatar para a nossa região algumas em extinção como o baru, coco xixá, babaçu, araçá, jacarandá e guapeava”, anuncia o secretário de Meio Ambiente, Demósthenes Júnior. Ele destaca ainda que as mudas produzidas estão à disposição da população no viveiro municipal, localizado no Parque Engenheiro Geraldo Rocha.

A distribuição é gratuita, basta os interessados procurarem a Secretaria, no mesmo local, preencherem um formulário e ao realizarem o plantio, seguirem as orientações corretas de preparo da terra, irrigação e evolução da planta. “Importante ainda observar onde a muda será plantada para que as condições climáticas, de solo e a distância da rede elétrica estejam adequadas a espécie escolhida”, destaca o biólogo da secretaria, Raimundo Guedes.

Dircom/PMB – 22.09.2021

 

 

 

 

  • Compartilhe: