Semana de Ações de Mobilização em combate ao vetor das arboviroses, em Barreiras

Atividades serão voltadas à orientação e combate aos focos do Aedes Aegypti

Realizada pela Prefeitura de Barreiras, por meio da Secretaria de Saúde, através do Centro de Controle de Zoonoses, desde segunda-feira (21), acontece em Barreiras a Semana de Ações de Mobilização contra as Arboviroses. A iniciativa visa antecipar os cuidados dos períodos de chuva e calor intenso para reduzir a infestação e a oferta de recipientes favoráveis à proliferação do Aedes aegypti, as ações seguem até o próximo sábado (26).

No decorrer da semana, os agentes de endemias estarão em campo realizando visitas domiciliares com orientação e prevenção às doenças transmitidas pelo mosquito Aedes Aegypti, e na mobilização da população para o apoio na eliminação de qualquer possível criadouro em seus imóveis. Durante as visitas, os agentes com apoio da equipe da Secretaria de Infraestrutura e moradores estarão realizando a retirada de entulhos, resíduos e caso haja necessidade, a pulverização com as bombas de borrifação costal.

O coordenador do Centro de Controle de Zoonoses, Dorimar Almeida, salienta que a colaboração de todos, não apenas nesta Semana de Mobilização, mas permanentemente, é indispensável. “Combater o Aedes é uma tarefa coletiva e o apoio da população é imprescindível, no sentido de contribuir para a eliminação de possíveis criadouros do mosquito, uma vez que 80% dos focos são localizados dentro das residências”, lembrou.

Ele ainda explica que dentro da programação serão alcançados bairros e comunidades rurais que apresentam maior risco de proliferação, e que algumas ações simples de prevenção podem ser feitas diariamente pelos moradores.

“Pedimos que os moradores recebam nossos agentes de endemias e auxiliem no processo de eliminação de focos, buscando sempre deixar a caixa d’água bem fechada e realizar a limpeza regularmente, retirar dos quintais objetos que acumulam água, cuidar do lixo e eliminar água parada em pratos de vaso de planta. Com a colaboração de todos podemos evitar infestação pelo Aedes aegypti e prevenir casos de dengue, chikungunya e zika vírus”, disse Dorimar.

 

Atendimentos a casos suspeitos/confirmados

A enfermeira da Vigilância Epidemiológica de Barreiras, Rosivani Libanori Fragoso orienta que ao sentir os primeiros sintomas de dengue, zika ou chikungunya, as pessoas devem buscar primeiramente o atendimento nas Unidades Básicas de Saúde, e após avaliação médica, serão encaminhadas para testagem no Centro de Saúde Leonídia Ayres e notificadas pela Vigilância Epidemiológica.

Programação das ações de mobilização  

23/11 – BARREIRINHAS

23/11 – BR 135 PRÓXIMO FASB

23/11- TABUA ÁGUA VERMELHA

25/11- BARROCÃO DE BAIXO

25/11 – VILA DOS FUNCIONÁRIOS

24 e 25/11- SÃO MIGUEL

25/11 – VILA BRASIL

Dircom/PMB – 23.11.2022

  • Compartilhe: