Secretaria de Saúde de Barreiras realiza capacitação com marcadores e enfermeiros das unidades para regulação de exames no Centro de Saúde Leonídia Ayres

Nesta tarde de quarta-feira, 17, a Secretaria de Saúde de Barreiras realizou uma capacitação para todos os marcadores e enfermeiros das Unidades de Saúde, com objetivo de dar maior celeridade à regulação, marcações de exames laboratoriais e oferecer melhor orientação aos usuários da rede no município.

O evento aconteceu no auditório João de Biriba na Escola Municipal Mirandolina Ribeiro de Macêdo, ministrado pelo coordenador do Laboratório do Leonídia Ayres e bioquímico Marcus Vinicius França. Estiveram presentes o coordenador da Atenção Primária de Saúde, Ari Donizete; a coordenadora da Central Integrada de Regulação (CIR), Josélia Nunes; a coordenadora de Saúde Bucal, Erica Martins; e equipes técnicas.

De acordo com a coordenadora da CIR, a capacitação amplia a oportunidade de aprender mais sobre o sistema e sanar dúvidas dos marcadores no momento da marcação de exames laboratoriais nas unidades. “Estamos sempre à disposição, buscando formas de atualizar e capacitar nossos servidores na saúde. Esse espaço oportuniza mostrar o novo fluxo de atendimento e disponibilização de exames específicos realizados no Leonídia Ayres”, afirmou Josélia Nunes.

Os exames laboratoriais serão realizados, novamente, a partir de setembro no laboratório do Centro de Saúde Leonídia Ayres, o bioquímico responsável Marcus Vinicius apresentou o novo fluxo, remodelação e chamou atenção para o lançamento de informações no sistema.

“O laboratório está passando por uma reestruturação e atualização, retornando o atendimento no mês de setembro. Mas, é importante que os marcadores estejam sempre atualizados sobre o funcionamento do sistema e possam informar corretamente à população sobre os encaminhamentos aos serviços especializados, que oferecem os exames laboratoriais in loco e exames de maior complexidade que são encaminhados para o Lacen”, ressaltou o bioquímico.

Ele ainda explicou que são realizados cerca de 10 mil exames mensais, desde os simples laboratoriais até os mais complexos, englobando a hematologia, imunologia, microbiologia, parasitologia, coagulação, hormonais e ainda baciloscopia para Hanseníase e Tuberculose. Lembrando que o Centro de Saúde Leonídia Ayres atende média complexidade em pactuação com 36 municípios. 

Dircom/PMB 17.08.2022

  • Compartilhe: