Prefeitura de Barreiras intensifica limpeza e coleta de lixo nas cachoeiras do Redondo e do Acaba Vida

Uma ação intensa envolvendo 22 profissionais da limpeza pública de Barreiras foi realizada durante todo o dia desta quinta-feira (5), junto a dois dos principais cartões postais do Município: as Cachoeiras do Redondo e do Acaba Vida. As equipes retiraram o lixo espalhado nos dois pontos, totalizando cerca de uma tonelada de entulhos, copos, papéis, garrafas plásticas e muita sujeira deixada por visitantes que frequentam os locais.

O espaço da Cachoeira do Acaba Vida já contava com um contêiner e duas caixas coletoras para lixo, porém, mesmo assim, as pessoas acabam deixando restos de alimentos, cascas e vasilhames ao ar livre. No caso da Cachoeira do Redondo, que passou a receber um forte fluxo de visitantes após ter o acesso facilitado recentemente com a recuperação da estrada realizado pela prefeitura, um contêiner foi colocado durante a ação de limpeza para receber os descartes de maneira apropriada.

Segundo o coordenador de limpeza, Roni Silva Santos, ações como essa terá sequência para manutenção dos cuidados que requerem as duas cachoeiras. “Principalmente neste período de maior calor, as pessoas visitam com mais intensidade as cachoeiras. Por isso a orientação das secretarias de Infraestrutura e de Meio Ambiente e Turismo, é que estejamos sempre presente fazendo a manutenção e limpeza”, disse.

A coleta de lixo nas duas cachoeiras é realizada uma vez ao mês, com o esvaziamento dos contêineres e caixas coletoras. A Prefeitura busca oferecer toda a infraestrutura necessária para garantir segurança e conforto aos frequentadores, e, desta forma, conta com o apoio de todos na conservação ambiental e limpeza, evitando que o lixo fique alastrado no meio ambiente.

“Precisamos que a população colabore, fazendo cada um a sua parte na preservação desses belíssimos balneários, que são cartões postais do nosso município. A Prefeitura através das secretarias de Infraestrutura e Meio Ambiente e Turismo, vem fazendo todo o esforço necessário para que as nossas cachoeiras estejam acessíveis e preservadas, mas é indispensável a colaboração da população, dos turistas e visitantes”, destaca o secretário de Infra, João Sá Teles.

  • Compartilhe: