Prefeitura de Barreiras e Senar desenvolvem os Programas Filhos do Vale e Agro Jovem na Região do Rio Branco

Melhorar a vida das pessoas e transformar o campo, tem sido um dos objetivos da Prefeitura de Barreiras por meio do Projeto Vale Produtivo desenvolvido nas comunidades rurais pela Secretaria de Agricultura e Tecnologia. Com essa proposta de oferecer oportunidades às famílias do campo, nesta segunda-feira (29), a Secretaria e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR) iniciaram o Projeto Filhos do Vale e o Programa Agro Jovem na região do Rio Branco.

O curso é destinado para a preparação profissional de jovens de 16 a 29 anos do setor agropecuário, que terão a oportunidade de aprender e desenvolver ações através de uma programação modular, competências que possibilitem o acesso ao mundo do trabalho. Na aula inaugural, esteve presente o secretário de Agricultura e Tecnologia, José Marques; os diretores da Secretaria, Ingrid Karen e Marisvaldo Batista; também a gerente do Sindicato dos Produtores Rurais, Marta Marinho; mobilizadora de eventos do Sindicato, Sâmala Tuane; diretor da Escola Municipal Antônio Machado, Adriano Bernardo e as instrutoras Silvana Gouveia e Daiane Guerreiro.

Conforme o secretário, o Projeto Filhos do Vale e o Programa Agro Jovem nesse primeiro momento contemplarão estudantes e jovens da região do Rio Branco, que integram 27 comunidades. Os participantes terão a oportunidade de aprender mais sobre empreendedorismo rural, iniciativas de negócios, bem como inovação e a tecnologia que podem ser utilizadas no dia a dia no campo.

“Construímos essa parceria entrelaçada no nosso Plano Plurianual, que busca ofertar capacitações para os filhos dos produtores atendidos pelo Vale Produtivo. Essa parceria traz um melhor entendimento do crescimento da produção, tendo como foco as produções já cultivadas em suas áreas rurais. Temos certeza que ao final todos estarão compreendendo a importância das temáticas e aplicarão esses conhecimentos em suas propriedades. É possível, sim, ter um bem-estar na zona rural, criar negócios e despertar o empreendedorismo com as atividades já desenvolvidas com suas famílias”, ressaltou José Marques.

No total serão quatro módulos trabalhados, cada um com 20h, sendo: Empreendedorismo com ênfase em novos modelos de empreender, Iniciativas de negócios com ênfase em culturas viáveis, Negócios por Aplicativos Móveis, Inovação, tecnologia e sustentabilidade. Ao final, será realizado um concurso entre os participantes com premiação da melhor equipe com cinco celulares. De acordo com a gerente do Sindicato dos Produtores Rurais, Marta Marinho, a ideia é despertar o interesse nos jovens na produção de bons projetos, a serem implementados na própria comunidade.

“Unimos forças através da junção desses dois projetos para essa comunidade do Val do Teiú, pertencente à região do Rio Branco. O nosso principal objetivo é evitar a evasão de jovens que moram no campo para a cidade em busca de emprego, agregando conhecimentos e valores em suas produtividades na zona rural, além de mostrar realmente uma visão empreendedora. Esse momento, através desses projetos, é para justamente ampliar esse olhar nos jovens que aqui moram”, pontuou.

Ao longo do mês serão realizadas atividades conjuntas como visitas técnicas, estudo de caso, atividades online, atividades complementares, mentorias, projetos, plano de negócios e articulação com o setor produtivo.

Dircom/PMB – 30.08.2022 

  • Compartilhe: