Em noite memorável, Prefeito Zito Barbosa lança o Projeto História Viva, Cidade do Futuro que preserva seu passado

Uma das metas do Programa Barreiras 2030 Cidade do Futuro, o Projeto consiste na restauração de prédios, monumentos históricos e espaços públicos

Memórias, recordações e muita história marcaram a noite desta quinta-feira (23), durante a apresentação do Projeto História Viva, Cidade do Futuro que preserva seu passado. O evento aconteceu no Complexo Esportivo Deputado Luiz Braga, ao lado de um dos monumentos históricos da cidade de Barreiras, o antigo Matadouro. A realização da Prefeitura de Barreiras, por meio das Secretarias de Planejamento e Educação, Cultura, Esporte e Lazer, contou com a presença do prefeito Zito Barbosa, acompanhado da primeira-dama Marisete Bastos, vice-prefeito, Emerson Cardoso, presidente da Câmara de Vereadores, Otoniel Teixeira, demais vereadores, secretários, empresários, engenheiros, arquitetos, artistas e demais profissionais liberais.

Parte integrante do Programa Barreiras 2030 Cidade do Futuro, sendo a 23ª meta, o Projeto História Viva, Cidade do Futuro que preserva seu passado, foi apresentado pelo vice-prefeito e secretário de Planejamento, Emerson Cardoso, que trouxe em sua apresentação, belas histórias contadas na voz de quem viveu os áureos momentos da rica história da Capital do Oeste. Possibilitando aos presentes no evento, também conhecer e recordar momentos históricos da cidade, além de conhecer o objetivo e de que forma esse projeto será executado.

A proposta do Projeto que será desenvolvido com a intervenção da iniciativa privada, é restaurar prédios, monumentos históricos e espaços públicos, permitindo que os laços com a história de Barreiras se mantenham, valorizando ainda mais o sentimento de pertencimento de cada cidadão barreirense. “Uma noite memorável. Tivemos a oportunidade de apresentar o projeto História Viva visando revitalizar os principais equipamentos históricos da nossa cidade, transformando a arquitetura e ressignificando os espaços públicos. O próximo passo será o lançamento do Concurso Regional em Arquitetura e Urbanismo para que os profissionais de Barreiras e região possam apresentar propostas de revitalização desses locais sem perder a identidade e a singularidade da nossa história”, pontuou Emerson Cardoso.

No Edital do Concurso do Projeto História Viva, Cidade do Futuro que preserva seu passado, serão apresentados cinco lotes que inicialmente contemplarão os seguintes monumentos: Ruínas do Antigo Matadouro, Usina Hidrelétrica Geraldo Rocha, antiga Delegacia de Barreiras, Rua Humaitá, Praça Dr. Augusto Torres, Praça Amphilophio Lopes e a Praça Duque de Caxias. O edital contendo as informações sobre o concurso para a seleção e premiação dos projetos arquitetônicos de restauro, dos prédios e monumentos históricos e espaços públicos tem previsão de ser publicado na primeira quinzena de outubro, conforme destacou a diretora de Cultura, Emília Moreno. “Os arquitetos da região Oeste participarão apresentando projetos de revitalização dos espaços apresentados nessa noite. Haverá uma comissão técnica julgadora, que escolherá o projeto vencedor de cada lote. Todas as propostas que forem apresentadas receberão uma menção honrosa por ter participado e por ter acreditado nesse projeto”, afirmou Emília.

Encerrando a noite de apresentações, o prefeito Zito Barbosa destacou a importância do projeto para a história de Barreiras. “Fico muito feliz com a presença de todos que aceitaram nosso convite para estar aqui nessa noite, a memória de Barreiras agradece. Nosso desejo é contar com a participação da iniciativa privada, arquitetos, empreendedores e construtores, para revitalizar e fazer desses espaços que tem um valor simbólico grandioso para o nosso município, guardiões da das nossas memórias mais queridas, assim como transformá-los em espaços de lazer e entretenimento que irão fortalecer, ainda mais o nosso turismo cultural. Tenho certeza que esses espaços estarão em harmonia e sintonia com o desenvolvimento da nossa cidade, esse é o nosso objetivo, trabalhar de mãos dadas com a iniciativa privada, para esta cidade que é o nosso orgulho e o nosso futuro, seja cada vez mais referência de gestão para a Bahia e para o Brasil”, finalizou Zito Barbosa.

O evento contou ainda com a presença da historiadora de Barreiras Ignês Pitta, que foi homenageada pelo prefeito Zito Barbosa com um buquê de flores, os vereadores Adriano Stein, Alcione Rodrigues, Bem-Hir Aires, Teteia Chaves, João Felipe, Rider Castro e Valdimiro José, a secretaria de educação, Gabriela Nogueira, demais secretários, o presidente da AIBA, Odacil Ranzi, o reitor da Universidade Federal do Oeste da Bahia – UFOB, Dr. Jacques Antônio de Miranda, a representante do CREMEB, Dra. Isa Bessa, o diretor da Universidade do Estado da Bahia – UNEB, Dr. Joaquim Neto, o presidente da CDL, Fábio Nogueira, além de dirigentes e representantes de diversas instituições e da sociedade civil organizada.

Dircom/PMB 24.09.2021

  • Compartilhe: