Coordenadora de Saúde Mental do Ministério da Saúde conhece Rede de Atenção Psicossocial de Barreiras

A convite do secretário municipal de saúde, Anderson Vian, uma equipe composta por representantes do Ministério da Saúde e da Associação Psiquiátrica da Bahia, visitaram os equipamentos instalados em Barreiras e que compõem a Rede de Atenção Psicossocial (RAPS). A coordenadora Geral de Saúde Mental, Álcool e outras Drogas do Ministério da Saúde, Maria Dilma Teodoro, a diretora tesoureira e a diretora secretária da Associação Psiquiátrica da Bahia, Denise Stefan e Miriam Gorender, respectivamente, conheceram as instalações do Caps II, Caps AD e a Ala de Saúde Mental do Hospital Municipal Eurico Dutra.

As profissionais vieram a Barreiras para participar da 1ª Jornada de Psiquiatria do Oeste Baiano realizada nos dias 01 e 02 deste mês, pela Liga Acadêmica de Psiquiatria e Saúde Mental da UFOB. Durante o evento, foi feito o convite para a comitiva conhecer o funcionamento dos três pontos de apoio aos pacientes de saúde mental assistidos no Município. Em cada parada houve diálogos a respeito das condutas de trabalho e da possibilidade de implantação de serviços e ações para melhorar a rede de saúde mental em Barreiras.

“Foi de suma importância para a Secretaria de Saúde e para o Município esse diálogo, porque pudemos mostrar os novos instrumentos de trabalho que implantamos e implementamos como o Caps AD, o primeiro da região Oeste e os leitos destinados aos paciente da saúde mental no Hospital Eurico Dutra. Nosso trabalho foi elogiado e também, foram apontados caminhos para que possamos buscar novos investimentos para o setor. Isso dará ainda mais condições para continuarmos trazendo um atendimento humanizado aos pacientes assistidos, algo que até então não existia”, destacou o secretário Anderson Vian.

Rede de Atenção Psicossocial – Além do Caps, a atual gestão implantou a Ala de Saúde Mental do Hospital Municipal Eurico Dutra, em Barreiras e o Caps AD, ambos estão em consonância com a política do Sistema Único de Saúde (SUS) e integram a Rede de Atenção Psicossocial (RAPS). Na Ala do Eurico Dutra são disponibilizados oitos leitos para pacientes assistidos. Já o Caps AD é um espaço apto para atender pacientes que fazem uso de substâncias psicoativas, como álcool e outras drogas.

  • Compartilhe: