Barreiras recebe novamente o Prêmio Band Cidades Excelentes e se mantém entre as cidades top da Bahia

Em cerimônia realizada nesta quarta-feira (23), em Salvador, a segunda edição do Prêmio Band Cidades Excelentes premiou os municípios baianos que se destacaram no ano de 2021, considerando seis pilares principais: Governança, Eficiência Fiscal e Transparência; Educação; Saúde e Bem-Estar; Infraestrutura e Mobilidade Urbana; Sustentabilidade e Desenvolvimento Socioeconômico e Ordem Pública. Barreiras garantiu o segundo lugar no pilar Governança, Eficiência Fiscal e Transparência, na categoria acima de 100 mil habitantes, ficando atrás apenas da capital, Salvador.

O Prêmio é uma iniciativa do Grupo Bandeirantes de Comunicação, em parceria com o Instituto Aquila e tem o objetivo de incentivar, reconhecer e valorizar boas práticas de gestão pública para transformar a realidade dos municípios brasileiros e melhorar os serviços públicos prestados aos cidadãos. Os municípios indicados concorrem inicialmente na etapa estadual, e, posteriormente, são direcionados para a nacional, considerando suas colocações. Eles são separados em três categorias de avaliação, de acordo com o tamanho da população local: menor ou igual a 30 mil habitantes, entre 30 mil e 100 mil habitantes e acima de 100 mil habitantes.

“É com muita alegria que festejamos mais uma vez, pelo segundo ano, a escolha de Barreiras como cidade destaque no Estado da Bahia neste prêmio tão importante e que tanto estimula os gestores a empreender ainda mais nas suas administrações. Este reconhecimento só nos dá a certeza que estamos no caminho certo do desenvolvimento, colocando Barreiras a cada dia como destaque na Bahia e no Brasil, mas, também, reforça nossa responsabilidade em investir e cuidar ainda mais da nossa cidade e da nossa gente”, destacou o prefeito Zito Barbosa ao receber o resultado.

A etapa nacional do prêmio está marcada para o dia 30 de novembro no Centro Cultural Banco do Brasil, em Brasília (DF). Na ocasião, serão reveladas as melhores cidades do país em cada pilar, considerando cinco categorias populacionais.

Dircom/PMB  – 24.11.2022

  • Compartilhe: