Barreiras: Frequentadores do Centro Pop recebem orientações sobre doenças sexualmente transmissíveis e o câncer de mama

Em uma ação conjunta das Secretarias de Saúde e Assistência Social e Trabalho de Barreiras, reuniram nesta sexta-feira (22), na sede do Centro Pop, adultos em situação de rua com objetivo de conscientizar homens e mulheres sobre os perigos das doenças sexualmente transmissíveis, formas de transmissão, modos de se prevenir e ainda as temáticas voltadas para o outubro rosa na prevenção do câncer de mama.

Estiveram acompanhando a ação, a secretária de Assistência Social e Trabalho, Karlúcia Macêdo; coordenadora do Albergue São José, Adriana Pires; coordenadora do Centro Pop, Ivania Bomfim; a enfermeira Dayane Ortigara que ministrou a palestra temática e a coordenadora do Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA/SAE Edgard Pita), Ana Paula Miranda, que na oportunidade realizou junto com a equipe as testagens rápidas de sífilis, HIV e Hepatite B e C nos demandatários presentes.

“O mês de outubro é conhecido pela prevenção ao câncer de mama e também o mês de combate à sífilis em todo país, dessa maneira, hoje estamos realizando essas testagens nesse público específico como forma de prevenção e orientação. O resultado sai em 10 minutos, é um teste confiável e nos casos positivos para alguma doença, o paciente é encaminhado para a realização de outros exames laboratoriais e é agendada uma consulta com o infectologista para iniciar o tratamento”, pontuou Ana Paula.

Dentre as várias temáticas abordadas, os demandatários em situação de rua conheceram mais sobre a estrutura do Centro Pop, as ações destinadas aos usuários e ainda orientações sobre os cuidados específicos com a higiene corporal. Para a secretária de Assistência Social e Trabalho, esses momentos são contínuos na sede do Centro Pop e no Albergue São José, promovendo orientação e prevenção.

“O Centro Pop é uma das bases de apoio para garantir direitos relativos à saúde para essas pessoas que no momento se encontram em situação de rua. A prevenção é a melhor maneira para prevenir contra as doenças sexualmente transmissíveis e essas orientações são válidas, fazendo com que eles compreendam a importância de se cuidar e cuidar do próximo”, disse Karlúcia Macêdo.

Dircom/PMB – 22.10.2021

  • Compartilhe: