Barreiras conclui ciclo de retorno às aulas presenciais com alunos da Educação Infantil

Dando sequência ao retorno gradual das aulas presenciais nas escolas municipais, a Prefeitura de Barreiras, através da Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, deu início nesta segunda-feira (20), às aulas presenciais da Educação Infantil. Obedecendo a um escalonamento específico em conformidade com as normas sanitárias devido à pandemia da Covid-19, o regresso dos estudantes da rede municipal aconteceu em três etapas, sendo que os estudantes dos anos iniciais do Ensino Fundamental retornaram na quarta-feira (8), e os estudantes dos anos finais e Educação de Jovens e Adultos (EJA) na segunda, (13).

Os ambientes das escolas e dos centros municipais de educação infantil estavam enfeitados com bastante colorido e alegria na recepção desse primeiro dia de aula presencial. Nesta manhã, a secretária Gabriela Nogueira juntamente com a subsecretária Cátia Alencar e a diretora pedagógica Aldeci Queiroz, acompanharam o retorno das aulas no Centro Municipal de Educação Infantil Ribeirão, também o São José na Vila Dulce, e no Centro Municipal de Educação Infantil São Francisco de Assis.

“Estamos hoje concluindo mais essa etapa de retorno das aulas presenciais em Barreiras que tem uma análise criteriosa do Comitê de Operações de Emergência em saúde pública. Com o avanço da vacinação contra o novo coronavírus no município e o controle da doença, a nossa expectativa é que em breve, possamos retornar às aulas com todos os estudantes em salas de aulas diariamente, porque o lugar de criança é na escola, essa alegria vivenciada hoje no retorno da educação infantil é contagiante”, destacou Gabriela Nogueira.

No total, estão matriculados 4.589 estudantes na Educação Infantil do município, que além de aprender a ler e escrever, aproveitam o espaço escolar para interagir e socializar. Dona Welma Nunes, mãe do Isaque de 4 anos que faz acompanhamento especial, destaca a importância desse espaço e o retorno das aulas de maneira escalonada. “Meu filho é especial, fiz a matrícula dele nesta escola que é próxima da minha casa com esse objetivo de ter um ambiente para socializar, interagir com outras crianças. Aqui, ele tem uma monitora que faz esse acompanhamento e estou muito contente com esse retorno e as atividades aqui desenvolvidas”, disse emocionada.

Dircom/PMB – 20.09.2021

  • Compartilhe: