Desfile Cívico marca comemorações da Independência do Brasil em Barreiras

As cores verde e amarelo foram o destaque no Desfile Cívico de 07 de setembro, que trouxe o tema “Educação Responsabilidade de Todos e de Cada Um”. Finalizando a semana cívica, o desfile reuniu milhares de pessoas na manhã de sexta-feira na Avenida Dr. Clériston Andrade.

O protocolo oficial do desfile se deu com a revista às tropas realizada pela vice prefeita Karlúcia Macêdo, que representou o prefeito Zito Barbosa, o comandante do 4º BEC, Cel. Jonny Machado e o comandante do Comando de Policiamento Regional do Oeste – CPRO, Cel. Osival Cardoso.

Após a revista as tropas, a vice-prefeita e os oficiais comandantes realizaram o hasteamento das bandeiras do Brasil, da Bahia e de Barreiras, diante do palanque oficial, na presença do subcomandante do CPRO, Ten. Cel. Camilo Uzêda, comandantes do 10º BEIC, Ten. Cel. Medeiros, da 84ª CIPM, Cap. Gama, CIPT-O/Rondesp, Cap. Simões, do 17º Grupamento de Bombeiros Militar, MJ. Lusquinhos, demais oficiais da Polícia Militar e do 4º BEC, a reitora da Universidade do Oeste da Bahia – UFOB, Profª. Doutora Iracema Veloso, o pároco da Catedral São João Batista, Pe. Verneson Francisco, vereadores, secretários e demais autoridades militares, civis e religiosas. A execução dos Hinos Nacional e da Independência ficou a cargo da Banda Municipal 26 de Maio, sob a regência do Maestro Fábio Menezes.

O desfile começou com a marcha da Guarda Civil Municipal, que trouxe para a Avenida mais de 80 homens fardados, grupamento de vigilância, trânsito, viaturas compostas de veículos e motos, além da cicloguarda, que também auxiliam na ronda de trânsito e proteção do patrimônio público.

Em seguida, mais de 200 soldados representaram a força e disciplina do Exército Brasileiro. O 4º Batalhão de Engenharia de Construção exibiu os carros de transporte, caminhões, maquinários pesado como a escavadeira com esteira com 19m de comprimento, contou com a presença do contingente de 1983/84/85 e a presença especial do ex-combatente da Segunda Guerra, Sargento Eurípedes Pamplona que completou 99 anos, recebendo muitos aplausos da população.

Representando as forças de segurança pública, o desfile da Policia Militar da Bahia com viaturas da Polícia Rodoviária Estadual, a tropa feminina da Ronda Maria da Penha e Pelotões da 83º e 84º CIPM, CIPT-O/Rondesp, soldados do 10ºBEIC, CIP Cerrado, Unidade Móvel da Base Comunitária de Segurança, Polícia Motorizada e a apresentação especial das crianças que fazem parte do Programa PROERD ao lado do Mascote Leão Daren, encantando o público infanto-juvenil que foi assistir ao desfile. O ponto alto foi a performance do helicóptero do GRAER, que deu rasantes na Avenida, chamando atenção para a imponência do trabalho executado pela equipe da Polícia Militar na terra e no ar.

O 17º Grupamento de Bombeiros Militar marcaram presença com os pelotões de salvamento, fiscalização, incêndios, mergulhadores e o carro de bombeiros com sua sirene característica. Os Bombeiros Civis também desfilaram, fechando a ala de pelotões de instituições militares e segurança pública.

Entidades civis e escolas na avenida
Abrindo o desfile para instituições civis e ensino, a Banda Municipal 26 de Maio apresentou os 40 músicos componentes, que estão ligados a Escola Municipal de Música Antoninho Sampaio. Seguidos, com muitas cores e brilho, mais de 100 alunos de teatro e musicalização passaram trazendo uma mensagem de paz e amor à arte.

A APAE e Miquei que atendem pessoas com deficiência, desfilaram com centenas de integrantes, que mostraram a superação e integração. Os alunos da Miquei vieram caracterizados e marcados pela beleza e magia do cordel, que associado a educação facilita o entendimento do dia a dia do nordestino.

Em seguida, deu início à apresentação das escolas municipais e estaduais, que passaram pela avenida com suas fanfarras, demonstrando desenvoltura e beleza durante sua apresentação, emocionando o grande público presente que assistia ao desfile. As escolas do campo deram um show de criatividade e mensagem de preservação do meio ambiente, participaram as escolas municipais Santa Luzia (povoado Sangueira), Valdete Piedade de Holanda (Buritis), Antônio Machado (Val do Teiú) e Adroaldo Fernandes de Morais (Cerradão).

As fanfarras e colégios municipais como Padre Vieira, Eurides Sant’Anna, Octávio Mangabeira Filho, Sagrado Coração de Jesus, além das escolas municipais Cleonice Lopes e Quininha de Melo também marcaram presença. A Recicla Banda, os colégios estaduais CETEP e Antônio Geraldo levaram alunos e musicalidade para o desfile.

A mineira Márcia Aparecida frequenta os desfiles desde que chegou em Barreiras, há cerca de 12 anos. Na sexta-feira, ela levou a filha Ana Luiza Freitas para participar de um momento que julga importante. “O Brasil vive um momento conturbado, e o 7 de setembro é sempre uma oportunidade de renovarmos o amor à Pátria junto a família, vivenciando o civismo e a cidadania. Venho mais para ver o desfile do Exército, eu acho bonito”, declarou. Já a filha prefere o desfile das escolas.

As Filhas de Jô e Ordem Demoley, ambas patrocinadas pela Grande Benemérita Loja Maçônica Fraternidade Barreirense nº 44 e os Desbravadores da Igreja Adventista com suas fanfarras também desfilaram na avenida.

“Comemoramos 196 anos de Independência do Brasil, o Desfile Cívico de dia 07 de setembro é a nossa maior manifestação de civismo e amor à Pátria. Nesse momento de riqueza democrática e fortalecimento do sentimento patriótico, Barreiras viu na avenida nossos estudantes e todas as instituições militares, que demonstraram disciplina, civismo e compromisso com a educação”, disse a vice prefeita.

  • Compartilhe: