A 6ª Conferência Municipal de Saúde de Barreiras contou com participação maciça da população e de representantes de vários segmentos sociais

A 6ª Conferência Municipal de Saúde de Barreiras, com o tema Saúde Humanizada, aconteceu na manhã dessa sexta-feira, 11, no espaço da Igreja Adventista do 7º Dia, centro da cidade.

Participaram da abertura oficial, a Vice-Prefeita Karlúcia Macêdo, o Secretário Municipal de Saúde, Tiê Araújo, o Presidente do Conselho Municipal de Saúde, Gilvan Ferreira, a médica e Vereadora Graça Mello, representando a Universidade Federal do Oeste da Bahia – UFOB, o Professor Bruno Klecius, Servidores e Profissionais da saúde, além de lideranças dos diversos segmentos sociais, Estudantes e Professores das Instituições de ensino da rede pública e privada de Barreiras.

“A nossa missão e o nosso compromisso hoje, foi de consolidar a elaboração um Plano Municipal de Saúde que possa atender verdadeiramente a toda população de Barreiras. Todos que participaram foram corresponsáveis pelo sucesso da elaboração do Plano. Estamos trabalhando para uma saúde humanizada, por isso, cada pensamento, cada direcionamento e cada ação que foi falada e elaborada desde as pré-conferências foram ratificadas hoje nessa Conferência Magna na certeza de que juntos somos capazes de promover uma saúde mais humanizada para os próximos quatro anos”, destacou o Secretário Tiê Araújo.

O Professor da UFOB, Ítalo Ricardo Santos, ministrou a palestra com o tema Saúde Humanizada e em seguida foram divididos grupos para elaborar as propostas através dos eixos temáticos: Atenção Integral à Saúde, Gestão do Trabalho e Educação na Saúde, Rede e Processo Regulatório em Saúde e Assistência Farmacêutica.

Conforme o Presidente do Conselho esse foi um momento oportuno para a construção de uma saúde participativa em Barreiras.

“A transformação só acontece a partir do momento que fazemos valer a pena as oportunidades, e hoje estamos nessa Conferência para juntos fazermos a transformação. Todos nós somos responsáveis por essa mudança, e a participação da população é essencial, e todos presente nesse dia participaram ativamente na elaboração do Plano Municipal de Saúde”, disse Gilvan Ferreira.

No final do dia teve a votação das propostas apresentadas nos vários bairros de Barreiras, como também as propostas elencadas no dia de hoje. Essa votação foi essencial para a elaboração do Plano Municipal de Saúde para os anos 2018 a 2021.

  • Compartilhe: